Melhor Banco Para Consolidar Créditos: Nº 1 de Crédito Consolidado

Melhor Banco Para Consolidar Créditos

O crédito consolidado tem salvo a vida de muitos portugueses, pois permite a redução da prestação mensal e, em alguns casos, uma diminuição dos juros a pagar. Tendo em conta isso, o Portal KREDITO decidiu mostrar o melhor banco para consolidar créditos, tudo dependendo ca situação de cada um.

Aqui vai poder comparar as diferentes taxas e também os valores máximos e mínimos que os bancos emprestam.

Advertisement

A partir daí já pode verificar qual se adequa melhor à sua situação para que consiga fazer o pedido do crédito consolidado de imediato.

Melhor banco para consolidar créditos: 6 alternativas para o crédito consolidado

crédito consolidado com Unibanco

Consolidar o crédito pode ser uma solução para quem possui vários créditos, seja 2 ou 3, quem sabe até 5 ou mais, por vezes com diferentes credores, diferentes taxas de juros, diferentes prazos e distintas datas de pagamento no decorrer do mês.

Para quem está a precisar unir os seus diferentes créditos, é importante escolher bancos e entidades privadas de crédito que estejam autorizados pelo Banco de Portugal a disponibilizar o crédito consolidado.

Abaixo, traremos 6 instituições e apresentaremos as suas condições, algumas destas disponibilizam a opção de simulador de crédito online.

1. Partners Finance

Decidimos dar destaque à Partners Finance devido à facilidade com a qual podemos fazer uma simulação e obter uma aprovação. Pode fazer a sua simulação grátis clicando aqui. Para além disso, as taxas são as melhores do mercado, sendo assim o melhor banco para consolidar créditos.

  • Valor do crédito consolidado: de 5.000 € a 75.000 €
  • TAEG de 6,53%
  • TAN a partir de 4,405%
  • Prazo de 18 meses a 30 anos
  • Seguro de vida obrigatório.

Existem casos em que a Partners Finance baixou o valor mensal em cerca de 70%. No caso mais popular, baixaram uma prestação mensal de 1.465€ para 445€.

Nesse cenário existiam dívidas em cartões de crédito, crédito habitação e 2 créditos pessoais. A consolidação permitiu uma redução simplesmente incrível!

2. BPI

  • Valor do crédito consolidado: de 5.000 € a 75.000 €
  • TAEG de 11,9%
  • TAN a partir de 9%
  • Prazo de 18 a 120 meses
  • Comissão de abertura de crédito + Imposto de selo
  • Seguro de vida obrigatório.

3. CODIFIS

  • Valor do crédito consolidado: de 5.000 € a 50.000 €
  • TAEG de 12,7% a 13,1%
  • TAN a partir de 9,6% a 11,15%
  • Prazo de 12 a 84 meses.
  • Seguro facultativo.
  • Simulador CODIFIS

4. CETELEM (Banco BNP Paribas Personal Finance)

  • Valor do crédito consolidado: de 2.500 € até 75.000 €
  • TAEG de 10,5% a 13%
  • TAN a partir de 6,70 % a 10,4%
  • Prazo de 12 a 120 meses.
  • Seguro facultativo.
  • Simulador Cetelem

5. Banco CREDIBOM

  • Valor do crédito consolidado: de 2.500 € até 75.000 €
  • TAEG de 10,5% a 13%
  • TAN a partir de 6,70 % a 10,4%
  • Prazo de 24 a 96 meses.
  • Seguro facultativo.

6. Unibanco

  • Valor do crédito consolidado: de 5.000 a 50.000 €
  • TAEG de 13,1 %
  • TAN a partir de 9,6 % a 11,3 %
  • Prazo de 24 a 120 meses
  • Seguro não é obrigatório.
  • Simulador Unibanco

O que é o crédito consolidado?

Crédito consolidado

Crédito consolidado é a junção de todas as dívidas de crédito existente, num único empréstimo. Por exemplo, juntar o crédito habitação, o crédito automóvel e o crédito de cartão, passando a ter um único contrato e pagamento.

Advertisement

Quais os créditos que podem ser consolidados:

  • Créditos pessoais;
  • Créditos contraídos através de cartões de crédito e linhas de crédito.

Existem duas modalidades de crédito consolidado:

  • Crédito consolidado com hipoteca.

Quanto junta o crédito à habitação, ou dispõem um imóvel como garantia.

  • Crédito consolidado sem hipoteca.

Apresenta condições menos favoráveis, porque não iras dispor de um imóvel como garantia, sendo considerado como um crédito de maior risco. Neste caso, os prazos tendem a ser mais curtos, as prestações e taxas não são tão baixas quando há uma hipoteca como garantia.

Documentos necessários para pedir o crédito consolidado:

Cartão de Cidadão para crédito consolidado

Agora que sabe qual é o melhor banco para consolidar os seus créditos, tem de saber que documentos precisa apresentar para pedir uma aprovação. São os seguintes:

  • Documentos de identificação de todos os titulares (no caso de ser um casal são necessários os documentos de ambos);
  • Comprovativo de Rendimento;
  • Comprovativo de NIB;
  • Mapa de responsabilidade de crédito do Banco de Portugal;
  • Comprovativo de morada (água, luz, telefone ou TV por cabo, do último mês).

Vale mesmo a pena recorrer a esta solução?

Sim, pode valer a pena, por exemplo, nos casos do devedor estar em uma das situações que listamos abaixo:

  • Para reduzir urgentemente o valor das prestações, que estão a ser pagas, a uma ou mais instituições financeiras.

Se a pessoa possuir diferentes tipos de créditos e está em dificuldades em manter o pagamento mensal, um alargamento do prazo do contrato, poderá reduzir as prestações, permitindo um fôlego no orçamento mensal familiar.

Ao desafogar a situação financeira é uma forma de evitar o sobre-endividamento ou evitar a situação de incumprimento junto aos credores.

Além disso, se possuir empréstimos em instituições diferentes, a consolidação permite juntar tudo num único lugar, facilitando a gestão da dívida. Nesse caso, de empréstimos com datas de vencimento diferentes, passariam a ter uma única data.

  • Para reduzir as taxas de juros.

Ao agregar o montante dos créditos numa única dívida, em vez de várias contas, com diferentes prazos e taxas, pode ser que o crédito consolidado tenha uma taxa de juros menor, o que representaria uma económica.

Advertisement

A depender das condições acordadas entre todos os empréstimos, este tipo de ajuste, com a consolidação de crédito pode permitir a redução das suas prestações mensais em até 60% — crédito de médio/longo prazo com taxas substancialmente mais reduzidas

Importante, para poder ter acesso ao crédito consolidado saiba que:

  • A idade máxima para solicitar a consolidação de créditos é de 75 anos.
  • Não pode ter prestações de financiamento em atraso, ou seja, não poderá estar na lista negra do Banco de Portugal.
  • É preciso ter um fiador ou dar uma garantia ao banco, por exemplo, hipotecar a sua casa.
  • É sempre mais difícil conseguir o crédito se estiver no desempregado ou se possuir uma penhora.

Mas atenção, faça as contas e analise as diferentes propostas das instituições de crédito. Você pode perder dinheiro com o crédito consolidado, se não analisar os detalhes da transação financeira, se não souber negociar ou gerir a sua dívida, a longo prazo, pode vir a ter prejuízo. Fique atento a:

Prazo mais longo

Caso estenda muito o prazo, o valor final pode ser muito superior ao que havia planeado com as dívidas já existente.

Taxa de juros

Verifique se as taxas referente a consolidação não seja superior às médias dos créditos já existentes.

Verifique e compare as melhores condições de taxas e prazos de pagamento.

Recorde-se sempre que o melhor banco para consolidar créditos para uma pessoa pode não ser o indicado para outra, então deve analisar cada um de modo a verificar qual traz mais vantagens para a sua situação em concreto.

Leia também:

Redação Kredito
Portal de apoio ao consumir que compara e ajuda na melhor seleção de créditos.